Cães
Gatos
Aves
Outros

 

Google
 

SETTER INGLÊS: TRADIÇÃO MANTIDA

Back Arrow  

O Setter Inglês vem se tornando mais conhecido em nosso país, sem que a sua beleza e temperamento sejam afetados.

Setter InglêsComo cão de caça, atividade para o qual mantém intactos os seus instintos, o Setter Inglês é ágil, incansável e destaca-se da maioria das raças desenvolvidas para essa função, por sua tranqüilidade e boas maneiras inatas, sendo um cão de companhia exemplar.

ADAPTAÇÃO

No Brasil, onde a caça é ilegal, poucos dos cães com esta função adaptaram-se tão bem à vida doméstica quanto o Setter Inglês. Mesmo que bastante saudável e resistente, sua longa e clara pelagem necessita de cuidados básicos para não ficar suja ou embaraçada, principalmente quando criado em contato com a vegetação. Também o fato de ser obediente e não latir desnecessariamente, faz com que a raça possa ser criada em pequenos espaços, até mesmo em apartamento, desde que se exercite adequadamente, pois, apesar de caseiro e afeiçoado ao dono, preza a liberdade. Ele se sobressai pela aparência, bastante sofisticada para um cão de trabalho. Em relação aos outros dois Setters, Gordon e Irlandês, ambos de pelagem escura, somente o inglês possui variedade de cores, sempre tendo o branco como base.

As estatísticas da CBKC - Confederação Brasileira de Cinofilia e ACB - Associação Cinológica do Brasil mostram que a criação nacional é pequena. Em 1983, o Irlandês registrava 611 filhotes; o inglês, 67; o Gordon,9. Em 1993, o Irlandês registrou 141; o Inglês,55; e o Gordon, 15. Enquanto a queda do Irlandês foi significativa, a do Inglês foi bem menor. O criador Heitor Daguer, do Canil Villacam, Rio de Janeiro - RJ, avalia que houve influência positiva "do cuidado com que o Setter Inglês é tratado no país, com importações e acasalamentos criteriosos, garantindo a sua qualidade".

APEGO

A raça destaca-se também por seu apego às pessoas. Shirley Atalla do Canil Sumatra, Carapicuíba - SP, experiente na criação dos 3 Setters, explica que "enquanto o Gordon é bastante reservado e o Irlandês instável, o Inglês chega a ser carente de tão meigo, mas sem ser inconveniente".

Os criadores não aconselham um Setter Inglês a quem não possa ter um convívio diário com seu cão, dando-lhe carinho e atenção. Regina Daguer, do Canil Laverack, Rio de Janeiro - RJ, diz que para a raça "este contato é tão importante quanto a alimentação".

Descendente de spaniels (cães de caça espanhóis), a raça foi planejada em meados do século XV para encontrar e apontar aves. Esse antigo Setter era mais rústico, maior e com a pelagem encaracolada. O tipo moderno foi desenvolvido por Eduard Laverack, no século XIX, a partir de um casal, fazendo sucessivos inbreedings (cruzamento entre cães parentes). Pouco depois, Purcell Llevellin cruzou cães de criação de Laverack com Irlandeses e Gordons, resultando exemplares mais adequados à caça. Essa diferença entre os cães "trail" (caça) e "show" (exposição) permanece até hoje.

No Brasil, onde chegou há cerca de 50 anos, a criação sempre foi pequena. Shirley Atalla afirma que "nos últimos tempos tem aumentando a procura de acasalamentos e as ninhadas não têm dado conta dos pedidos". Mas o importante, concordam todos, é que sejam mantidos os critérios de criação para que permaneça garantida entre nós a nobreza do Setter Inglês.

FICHA

Escolha do filhote: por volta dos 60 dias. Deve ter a pelagem clara e macia, com pequenas pintas (cerca de 2cm), sem manchas grandes, focinho quadrado, lábios bem descidos, nariz preto ou fígado (permitido só em exemplares sem cor preta), olhar meigo e expressivo, olhos ovais e castanhos (quanto mais escuros, melhor), orelhas de tamanho médio e caídas rentes às faces, mordedura em tesoura (a face interna dos incisivos superiores toca a face externa dos incisivos inferiores).
Altura: 65 a 68 cm (machos) e 61 a 65 cm (fêmeas).
Pelagem: longa, sedosa e brilhante. Ligeiramente ondulada. Franjas ao longo da cauda, da linha inferior do tronco e da parte superior dos membros anteriores e posteriores.
Cores: preto e branco; azul belton (manchas salpicadas menores e mais claras que os normais); laranja e branco; laranja belton; limão e branco; limão belton ; fígado e branco; fígado belton, tricolor preto, branco e castanho; tricolor fígado, branco e castanho.
Cauda: comprimento até a jarrete (cerca de 15 cm do solo), portada ao nível do dorso com uma curva sutil.
Cuidados: em condições normais, escovação semanal e banho quinzenal. Bastante exercício.

Agradecemos aos criadores pelas longas entrevistas e revisão deste texto, feita também por Hilda Drumond.
Reportagem e redação: Jorge Bechara. Edição de texto: Marcos Pennacchi.

Foto: Luiz Henrique Mendes
Prop.: Canil Sumatra

Horizontal Rule

 

Back Arrow


em@il: PETBRAZIL

Copyright © 1996-2009 PetBrazil. Todos direitos reservados. All rights reserved.
Cães & Cia seu site de estimação