Cães
Gatos
Aves
Outros

 

Google
 

Back Arrow

AS ENTIDADES GATÓFILAS NO BRASIL

Arquivo InterCat Há quatro entidades internacionais representadas no Brasil. Elas providenciam pedigrees, promovem exposições, formalizam a abertura de gatis e prestam diversos serviços, como consultorias de criação, cursos e palestras.
Os serviços normalmente são cobrados e os sócios possuem descontos especiais.
O procedimento para abrir gatil, participar de exposições ou tornar-se sócio é igual em todas as entidades: consiste no pagamento de uma taxa e no preenchimento de formulários específicos, enviados pelas mesmas ao interessado.
CAT FANCIERS ASSOCIATION (CFA) o Filiais no Brasil: Cat Fanciers Association of Brazil. Para obter Registro Inicial (RI): a entidade não o emite. o Para obter pedigree: gatos de qualquer idade podem obtê-lo.
Deve-se enviar à entidade uma cópia do pedigree de seus pais (caso ela não identifique cinco gerações, acrescente pedigrees até alcançar esse número).
Para contactar a entidade: tel. (11) 3872-5048. Fonte: Áurea Sellan THE INTERNATIONAL CAT ASSOCIATION (TICA) ou Filiais no Brasil: Tropicats, Clube Gaúcho do Gato (CGG), Felis Catus e Federação dos Criadores de Gatos do Brasil (FCGB). Há outras filiais, mas não emitem pedigree, fazendo apenas a intermediação. o Para obter Registro Inicial: via de regra, não o emite. Gatos sem pedigree são gatos sem identificação: não se pode garantir quem são seus pais e muito menos a sua pureza racial o Para obter pedigree: apenas o dono da mãe da ninhada pode requerê-lo.
Os filhotes devem ter idade máxima de: três meses (pelo CGG) e quatro meses (pela Tropicats). A Felis Catus não impõe idade-limite. A FCGB também não, mas cobra multa após os três meses de idade. Em todas as filiais, preenche-se um formulário de registro de ninhada: contém dados dos filhotes e de seus pais, além das assinaturas dos donos da mãe e do pai. Os pais dos filhotes precisam ter pedigree.
A Tropicats, a Felis Catus e a FCGB, como praxe, fazem a chamada verificação de ninhada, acionando alguém habilitado para checá-la ou pedindo o envio de fotos da mesma. Já o CGG só faz a verificação em casos eventuais. o Como contactar as filiais: Tropicats - Tels. (21) 522-8436 ou (21) 522-5070. CGG - Tels. (51) 460-1287 ou (51) 225-6476. Felis Catus - Tel. (51) 328-5849 ou (51) 328-4864 (fax). FCBG - (51) 9115-6359 Fontes: Inar Pessoa, Erica de Araújo, Liane Diehl e Vera Zanon.
FEDERAÇÃO INTERNACIONAL FELINA EUROPÉIA (FIFE) Filiais no Brasil: Federação Felina Brasileira (FFB). Há outras filiais, mas não emitem pedigree, fazendo apenas a intermediação. Para obter Registro Inicial: o gato deve ser avaliado e aprovado por um ou dois juízes da entidade.

Maine Coon - Arquivo InterCat

Para obter pedigree: é o dono da mãe da ninhada quem deve requerê-lo. Tem de ser preenchido um formulário de registro de ninhada: contém dados dos filhotes e de seus pais, além das assinaturas dos donos da mãe e do pai.
Os pais dos filhotes precisam ter pedigree. Há verificação de ninhada. A solicitação do pedigree tem de ser feita até os quatro meses de vida dos filhotes.
Como contactar a filial: FFB. Tel. (21) 441-1381 ou (21) 392-9321.
Fontes: Anne Marie Gasnier, José Clóvis do Prado Jr., Marisa Paes Mana e Marcelo Vogel de Aqüino.
WORLD CAT FEDERATION (WCF) Filiais no Brasil: Federação Brasileira do Gato (FBG).
Há outras filiais, mas não emitem pedigree, fazendo apenas a intermediação. Para obter Registro Inicial: o gato deve ser avaliado e aprovado por um juiz da entidade.
Normalmente, a avaliação é feita em exposições. Para obter pedigrees: os filhotes devem ter de 30 a 90 dias de vida. Há verificação de ninhada. Tem de ser preenchido um formulário de registro de ninhada, contendo dados dos filhotes e de seus pais, além das assinaturas dos donos da mãe e do pai.
Deve-se apresentar cópia do pedigree dos pais.
Como contactar a filial: FBG - Tel. (21) 286-5798 ou (21) 236-5807. Fonte: Rose Marie Lynch.


Agradecemos aos entrevistados: inclusive aos não citados no texto: Dilia Fiore (Clube do Gato do Nordeste), Inar Pessoa (Tropicats) e Miriam Faulkner (juíza da CFA). Reportagem: Igor Ribeiro (Coordenação: Flávia Soares). Texto e Roteiro: Flávia Soares. Revisão técnica (secretariada por Fabio Bense): Completa - Anne Marie Gasnier, José Clóvis do Prado Jr. e Rose Marie Lynch. Parcial - Áurea Sellan, Fabio Lasalvia, Erica de Araújo, Inar Pessoa, Marcelo Vogel de Aqüino, Liane Diehl, Marcia Paul, Marcos Migliano, Marisa Paes Mana, Roselene Modenesi e Vera Zanon.
fotos.: Arquivo InterCat

Horizontal Rule

Back Arrow


em@il: PETBRAZIL

Copyright © 1996-2009 PetBrazil. Todos direitos reservados. All rights reserved.
Cães & Cia seu site de estimação